Tema: ,

7 alimentos que nos mantêm gordos


Partilhar
7 alimentos que nos mantêm gordos
Um estudo publicado no The New England Journal of Medicine descobriu que a qualidade dos alimentos que você come tem mais a ver com o peso do que a quantidade do alimento.

Tendo em conta estes novos dados, resumimos uma lista de alimentos que nos mantêm gordos tendo por base vários estudos, assim como artigos e pesquisas recentes.

7. Batata frita


O estudo publicado no The New England Journal of Medicine afirmou que o alimento mais fortemente associada ao ganho de peso é a batata frita. 

Com o tempo as batatas em geral causam o maior ganho de peso. [4 razões para deixar de comer batatas fritas]

Batatas fritas


Se gosta de batatas fritas deve cozinhá-las você mesmo e evitar os salgadinhos de pacote. O comportamento irracional de abrir um saco de batatas fritas é onde começa o problema. Se você as cozinhar, pode controlar os ingredientes e o tamanho da parcela.

6. Refrigerantes diet


Como pode ser isso? Os refrigerante diet são livres de calorias acredita você. No entanto, não é assim tão simples, sendo que as pessoas mais obesas geralmente preferem ingerir refrigerante diet na esperança de que não engordem. Mas estão enganadas. [Beber refrigerantes diet pode aumentar o consumo de snacks]

Refrigerante diet


Pesquisadores da Universidade do Texas apresentaram recentemente dados fortes que provam que os refrigerante diet produzem gordura. Eles descobriram que quanto mais refrigerantes diet uma pessoa bebe, mais peso ganha.

5. Alimentos feitos com xarope de milho com elevada frutose 


Enquanto os comerciais afirmam que o xarope de milho com elevada frutose é bom com moderação, a verdade é que é um verdadeiro problema, uma vez que a moderação é aparentemente impossível.

Salgadinhos


O xarope interfere com o metabolismo do corpo, de modo que uma pessoa não pode parar de comer. É realmente difícil controlar os desejos por causa da alta frutose presente no xarope de milho. [7 maiores mitos da dieta]

Assim, diminui a secreção de leptina no organismo, que é uma hormona crucial que avisa que você está cheio e deve parar de comer. É por isso que ele está tão intimamente associado à obesidade em todo o mundo. É como uma droga que vicia. 

4. Carnes vermelhas e processadas


Um estudo sobre qualidade de alimentos publicado no The New England Journal of Medicine descobriu que tanto a carne vermelha como a processada provocam ganhos de peso consideráveis e preocupantes.

Carnes vermelhas e processadas


Ao longo de quatro anos de duração do estudo, o ganho de peso apareceu intimamente associado a ambas as variedades de carne e também foi inversamente relacionado com a quantidade de legumes que os participantes comiam.

3. Comida plástica baixa em gorduras


A comida plástica (junk food) é em si um problema, mas muitas vezes quando esse lixo processado assumo baixo teor de gordura é ainda pior. 

Comida plástica


É um jogo mental que jogamos com nós mesmos que às vezes significa como justificação para comer mais, já que tem baixo teor de gordura. [Junk food associada a perda de memória]

Além disso, quando os alimentos têm baixo teor de gordura, os fabricantes têm de preencher o gosto com alguma coisa, sendo que geralmente eles adicionar muito açúcar que coloca as nossas emoções numa montanha russa. Quando nos cansamos de novo, queremos mais. 

2. Refeições diet para microondas 


No jogo de perda de peso, a beleza e facilidade da refeição de microondas é um perigo. As refeições diet de microondas perdem grande parte da densidade de nutrientes no processamento e os fabricantes costumam adicionar toneladas de sal onde a gordura deveria estar.

Refeições diet para microondas


Isso incha-nos e leva-nos a reter água. Em vez de comer esse tipo de refeições, coma uma verdadeira refeição. Ela não tem que ser complicada, mas no final os alimentos frescos e inteiros são o que nos pode manter magros.

1. Álcool 


A ciência é simples de acordo com ShapeFit: O álcool puro contém cerca de 7 calorias por grama, o que faz engorda quase duas vezes mais do que os carboidratos ou proteínas (ambos contêm cerca de 4 calorias por grama) ficando pouco abaixo do valor calórico da gordura (9 calorias por grama).

Álcool


Isto significa que se você quer perder peso e reduzir o excesso de gordura corporal, o álcool não é uma boa escolha. De igual forma, beber em excesso também suaviza as nossas inibições para comer alimentos que normalmente evitamos. [care2]

Recomendado pelo editor:

2 comentários:

  1. Olá amigo Receitas.
    Uma ótima noite.
    E fica difícil de deixar de comer estas gostosuras engordantes, mesmo sabendo o quanto é maléfico a nossa saúde.
    O que faço é comer menos, pois abandonar de comer certos alimentos quais eu realmente gosto é uma ideia qual não penso fazer.
    Mas valeu por avisar, cada cabeça que não assimilar seu corpo é que se deteriora.
    Grata por compartilhar sempre que postar me indique que eu gosto de participar e ser retribuída se não houver empecilho, pois fica a critério.
    Desejando um maravilhoso final de semana.
    Abraços sempre.
    ClaraSol

    ResponderEliminar
  2. Legal saber dos alimentos . Mas, poxa, no final tudo faz mal!

    ResponderEliminar

Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Últimos