Tema:

Japoneses digerem vegetais mais facilmente


Partilhar
Japoneses digerem vegetais mais facilmente
Nenhum animal do planeta é realmente capaz de digerir corretamente alimentos vegetais, incluindo frutas e legumes. Esta regra também se aplica aos herbívoros, cuja alimentação são vegetais.

Um componente importante presente nos vegetais é a celulose, que os nossos corpos são pura e simplesmente incapazes de dividir, pelo menos sem ajuda. [Dietas vegetarianas baixam melhor a pressão arterial]

Você pode não estar ciente disso, mas nós e todo restante reino animal estamos envolvidos num relacionamento mutuamente benéfico com trilhões de micróbios.

De facto, em alguns animais, como as vacas, micróbios específicos tornam possível a digestão da celulose. Em outros animais, micro-organismos específicos convertem a celulose em algo que possa ser digerido. De qualquer maneira, sem micróbios, ninguém poderia comer plantas.

Os japoneses comem Sushi desde o século VIII, e um componente importante do Sushi é a alga crua, planta que embrulha o conteúdo da especiaria. As algas são uma parte crucial da dieta de um cidadão médio japonês. De fato, em média, um japonês come 14,2 gramas de algas por dia.

Sem causar grande admiração, os japoneses têm bactérias especializadas na digestão de matéria vegetal. No caso, as Bacterioides plebeius, que auxiliam na quebra das algas. Este relacionamento mutuamente benéfico tem sido cultivado há séculos.

Mas como as bactérias chegam ao nosso organismo?


Bem, já havia micróbios a alimentar-se de algas quando estas foram colhidas pelos antigos e medievais japoneses. Ao comer algas cruas, os japoneses deram às bactérias a oportunidade de trocar informações genéticas com os micróbios que já viviam no estômago do hospedeiro.

Entre os humanos, apenas os japoneses possuem as Bacterioides plebius, que também são encontradas nos estômagos de insetos que se alimentam principalmente de algas. Ao quebrar as algas de forma mais eficaz, o organismo pode obter mais energia do alimento.

De fato, as algas são ricas em fibras dietéticas e também são uma boa fonte de iodo, vitamina A, B-12, cálcio, proteína e gorduras saudáveis. [Knowledgenuts]

Recomendado pelo editor:

0 comentários:

Enviar um comentário

Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Últimos