Tema: ,

Café da manhã não é tão importante como se pensava


Partilhar
Café da manhã não é tão importante como se pensava
O café da manhã é a refeição mais importante do dia? Não, de acordo com as últimas pesquisas.

A importância do café da manhã pode ser um dos maiores mitos da saúde alimentar.

De facto, quando você realmente olha para a ciência por trás disso, não há muita evidência que apoie a crença de ser a refeição mais importante do dia.

Na verdade, uma série de novas pesquisas realizadas independentemente por diferentes universidades ao redor do mundo e publicadas no American Journal of Clinical Nutrition sugere que o café da manhã tem pouco ou nenhum efeito sobre o peso de uma pessoa e na saúde geral.

Em um dos estudos, pesquisadores da Universidade do Alabama e outras instituições nos EUA reuniram quase 300 voluntários que começaram a dieta antes do estudo. Esses voluntários foram divididos em três grupos.

Num grupo foi dito aos participantes para tomarem café da manhã todos os dias, em outro foi dito para saltar o café da manhã todos os dias, e no restante foi dito para os participantes continuarem a fazer o que estavam fazendo.

As pessoas que foram orientados a continuar a fazer o que estavam fazendo já tinham o hábito de comer de forma consistente ou saltar o café da manhã. Quatro meses mais tarde, os voluntários foram pesados​​ e o único ganho ou perda foi meio quilo.

Um estudo separado conduzido por pesquisadores da Universidade de Bath, no Reino Unido usou 33 voluntários magros e começou por medir as suas taxas metabólicas, os níveis de colesterol e os perfis de açúcar no sangue.

Os participantes foram, então, divididos em dois grupos, sendo que a um grupo foi dito para tomar café da manhã, e ao outro grupo foi dito para ignorá-lo. Eles receberam monitores de atividade para registar quão ativo estavam na parte da manhã.

Seis semanas depois, ambos os grupos mediram os seus níveis de pesos corporais, taxas metabólicas, colesterol e açúcar no sangue e os pesquisadores descobriram que eles estavam mais ou menos como eram no início do estudo.

A única diferença era que o grupo que tomava café da manhã parecia movimentar-se mais durante a manhã, queimando quase 500 calorias a mais em movimento. Mas por tomarem café da manhã, eles também consumiam 500 calorias a mais por dia.

Ao contrário da crença popular, saltar o café da manhã não fez com que os voluntários devorassem enormes almoços e jantares. "O café da manhã pode ser apenas outra refeição", afirma um membro da equipa da Universidade de Alabama.

De facto, até agora tem havido pouca evidência para sugerir que pular o café da manhã pode levar a um efeito significativo no peso de uma pessoa, ou até mesmo na sua saúde em geral. Ainda assim, se você gosta de tomar o café da manhã, faz bem. [Sciencealert]

0 comentários:

Enviar um comentário

Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Últimos