Tema: ,

Café em excesso aumenta dificuldade em expressar emoções


Partilhar

De acordo com uma nova pesquisa científica, o consumo excessivo de café está associado a uma maior dificuldade em expressar emoções.


Se você tiver problemas em encontrar as palavras certas para expressar seus sentimentos, você pode ser alexitímico.

Alexitimia, derivado do grego para "sem palavras para sentimentos", é um traço de personalidade caracterizado pela dificuldade em reconhecer e mostrar emoções.


Mike Lyvers é um psicólogo da Bond University e autor de um estudo recente que encontrou uma ligação entre o café e a alexitimia.

É claro que fatores genéticos ou ambientais levam uma pessoa a ter tendências alexitímicas, mas os pesquisadores estão bastante confiantes que é o traço de caráter que cria o vício em cafeína e não o contrário.


Lyvers e seus colegas examinaram 106 estudantes universitários sobre seus hábitos de consumo de cafeína e fizeram-nos completar uma série de questionários que mediram a sua susceptibilidade à ansiedade e alexitimia, entre outros indicadores psicológicos.

Eles descobriram que os alunos mais alexitímicos consumiam quase o dobro de cafeína por dia, ingerindo cerca de 500 miligramas de cafeína por dia, o que é equivalente a beber três copos e meio de café.


A alexitimia está associada a um grupo de outros comportamentos, alguns dos quais são menos benignos (e menos saborosa) do que o consumo de café, nomeadamente consumo de álcool e drogas.

Se os cientistas tiverem uma melhor compreensão de como e por que a alexitimia está relacionada com substâncias que alteram a mente, como álcool, drogas e cafeína, então talvez possam encontrar melhores formas de tratamento. [Popular Science]

1 comentários:

  1. Bom dia Receitas.
    Neste assunto o que posso responder é que nunca bebi café em minha vida, mas se os cientistas chegaram a esta conclusão quem sou para dizer o contrario.
    Mas também é só a pessoa maneira na quantidade de café e tomar menos..
    Agradeço por compartilhar.
    Abraços sempre.
    ClaraSol.

    ResponderEliminar

Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Últimos