Tema: ,

Cérebro tem contador interno de calorias, sugere pesquisa


Partilhar
Cérebro tem contador interno de calorias, sugere pesquisa

Um novo estudo sugere que o nosso cérebro avalia alimentos com base na densidade calórica, mesmo quando não estamos conscientes de quantas calorias têm.


Pesquisadores do Instituto Neurológico de Montreal e do Hospital da Universidade McGill, nos EUA, descobriram que o nosso cérebro subconsciente toma decisões sobre os alimentos com base no teor calórico.

Os resultados, publicados na revista Psychological Science, podem explicar porque muitas pessoas escolhem comer alimentos de alto teor calórico. "Estudos anteriores descobriram que as crianças e os adultos tendem a escolher alimentos de alto teor calórico", disse Alain Dagher, neurologista e autor principal do estudo.

"A disponibilidade fácil e de baixo custo de alimentos de alto teor calórico é responsável pelo aumento da obesidade. O seu consumo é fortemente regulado pelos efeitos esperados destes alimentos, que são provavelmente aprendidos através da experiência", acrescentou.

O estudo envolveu um grupo de participantes que foram solicitados a classificar imagens de alimentos familiares com base no qual eles gostariam de consumir. Eles estimaram o teor de calorias de cada alimento.

Observações mostraram que os participantes preferiram alimentos altamente calóricos, mesmo que não fossem capazes de indicar com precisão o teor de calorias. A equipe também realizou exames cerebrais nos participantes enquanto avaliavam as imagens de alimentos.

Os resultados da análise mostraram que a atividade no córtex pré-frontal ventromedial - uma área do cérebro que está envolvida na tomada de decisões – está correlacionada ao conteúdo calórico dos alimentos.

Enquanto os participantes faziam a seriação dos alimentos, houve um aumento da actividade no córtex insular - uma parte do cérebro que está envolvida no processamento das propriedades sensoriais do alimento.

"O nosso estudo procurou determinar como a conscientização de conteúdo calórico das pessoas influencia as áreas do cérebro conhecidas por estarem implicados na avaliação de opções de comida. Descobrimos que a atividade cerebral monitorava o verdadeiro teor calórico dos alimentos", disse Dagher.

A equipe acredita que a compreensão das razões por trás de escolhas alimentares das pessoas pode ajudar a prevenir fatores que levam à obesidade e a outros problemas de saúde relacionados com a dieta, como doenças cardíacas e diabetes tipo 2. [Sciencealert]

0 comentários:

Enviar um comentário

Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Últimos