Tema: ,

Trauma e vício em comida associados nas mulheres


Partilhar
Trauma e vício em comida associado nas mulheres

Mulheres com sintomas de transtorno de estresse pós-traumático (PTSD) podem ser mais propensas a ser viciadas em comida, sugere nova pesquisa.


No estudo, os pesquisadores entrevistaram mais de 49 mil mulheres enfermeiras com idades entre 25 e 42, tendo-lhe perguntado se tinham vivido algum evento traumático.

Os pesquisadores verificaram também se elas tinham sintomas de PTSD como resultado do trauma. Esses sintomas podem incluir perda de interesse em atividades que antes eram agradáveis, e isolamento de outras pessoas.


As participantes também foram questionadas sobre sintomas de vício em comida, como a freqüência com que comiam sem fome, comiam demais, e tinham sintomas de abstinência física quando reduziam certos alimentos.

Os pesquisadores consideraram que as mulheres tinham uma dependência alimentar somente se relatassem pelo menos três dos sintomas da condição. No geral, 66 por cento das pessoas que tiveram um evento traumático relataram pelo menos um sintoma de PTSD.

Os pesquisadores também descobriram que 8 por cento de todas as mulheres no estudo eram viciadas em comida. Mas esse transtorno é mais comum entre aquelas com sintomas de PTSD.


Estudos anteriores descobriram que as pessoas com PTSD estão em maior risco para obesidade, e o novo estudo fornece uma explicação para essa associação: Pessoas com PTSD podem comer para lidar com o sofrimento psíquico.

No entanto, uma vez que o estudo não verificou quando as mulheres começaram a sentir os sintomas de vício em comida, o estudo não pode determinar o que veio primeiro, o PTSD ou o vício em comida.

O estudo foi feito por pesquisadores da Universidade de Minnesota, nos EUA, tendo sido publicada na edição de 17 de setembro da revista científica JAMA Psychiatry. [Livescience]

0 comentários:

Enviar um comentário

Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Últimos