Tema: ,

Crie hábitos saudáveis usando a regra dos cinco minutos


Partilhar
Crie hábitos saudáveis usando a regra dos cinco minutos

Você sabia que é possível deixar a preguiça de lado e criar hábitos saudáveis usando a regra dos cinco minutos? Aprenda aqui como.


Essa regra pode ser a salvação para a sua rotina matinal. Você até será capaz de transformar o seu dia a dia, fazendo com que os seus horários rendam mais e muito melhor.

Não entendeu? A gente explica. Você certamente já ouviu — e provavelmente já aplicou — a regra dos cinco minutos (ex. "só mais 5 minutinhos"), quando o seu despertador tocou pela manhã.

"Só mais 5 minutinhos", virou para o lado e dormiu de novo. Como argumentar diante dessas quatro palavrinhas? Se nem o seu cérebro consegue, por que não usar isso para coisas úteis?

E como conseguir isso?


Antes de qualquer coisa, é necessário que você faça uma lista das coisas que você quer criar o hábito de fazer e comece com "apenas 5 minutinhos" diários. Isso serve para que você entre na tarefa e crie gosto por ela. Não desanime, não deixe de lado. Depois, vá acrescentando "mais 5 minutos" à tarefa e você verá como tudo se transforma.

Você acaba percebendo que não é tão difícil quanto parece ser e passa a ficar "viciado" na tarefa, criando gosto por executá-la todos os dias. Fazer exercícios físicos, limpar sua casa, escrever o seu livro, praticar meditação e até mesmo hábitos pequenos como hidratar a pele ou cuidar dos cabelos passará a ser algo que você não consegue mais viver sem.

Empilhando hábitos


Durante o evento November 2012 TEDx Talk, BJ Fogg falou tudo com relação a criação de novos comportamentos com "apenas cinco minutinhos". Para exemplificar, ele utilizou a higiene bucal diária: "Você não tem que treinar o uso do fio dental nos dentes, o que você precisa exercitar é o fato de tornar tudo isso um hábito automático".

E para que isso aconteça nada melhor do que empilhar pequenas ações. Esse fato de acumular tarefas funcionará como um gatilho, fazendo com que você se lembre de fazer todas as outras coisas. E, se não o fizer, certamente sentirá como se algo estivesse faltando e esse sentimento de falta não permitirá que você esqueça nunca mais.

Uma coisa puxa a outra


Fogg disse que existem três coisas que precisam acontecer no primeiro momento para resultar em um novo comportamento: motivação para fazê-lo, capacidade de executá-lo e um gatilho que servirá para lembrar você de realizá-lo. Parece estranho, mas o gatilho para lembrar-se de usar o fio dental é o simples fato de acordar.

Porém, tudo isso funciona melhor com hábitos que podem ser feitos logo de manhã. Se deixar para mais tarde, é possível que você acabe se esquecendo, a menos que algo — um acontecimento ou um alarme, por exemplo — faça você se recordar de executar a tarefa. É necessário um gatilho para disparar a ação seguinte, o comportamento que deve ser feito.

De onde vem tudo isso


Toda essa prática é baseada na crença da melhoria contínua — ou Kaizen, em japonês —, que é aplicada em situações de negócios para melhorar a rentabilidade de toda a operação. É preciso acreditar que bons comportamentos trazem bons resultados, e isso também pode ser aplicado a nós e nossos hábitos. Então, por que não?

E aí, você aceita o desafio para fazer um teste? Traga alguns hábitos para a sua rotina matinal, aplicando toda essa prática. Será que realmente funciona? Depois, conte os resultados para a gente aqui nos comentários! Com certeza, será uma experiência única e, quem sabe, até mesmo bem divertida. [Megacurioso]

1 comentários:

Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Últimos